Aliados por uma causa
Get Adobe Flash player

Talidomida: Laboratório admite erro trágico

Oito dos nove portugueses com malformações devido à Talidomida foram indemnizados

Por Cristina Serra – Correio da Manhã

O laboratório alemão Grünenthal, que comercializa o medicamento Talidomida, que provocou malformações congénitas a mais de dez mil bebés em vários países, nas décadas de 50 e 60, reconheceu agora, 60 anos depois, que o remédio “não estava indicado para as grávidas”.Ao CM, fonte do laboratório declara que “naquela época, o conhecimento científico e as normas vigentes para o desenvolvimento de testes da indústria farmacêutica eram diferentes das de hoje”.Em Portugal, a venda da Talidomida foi suspensa em novembro de 1961.Fonte da Direção Geral da Saúde afirma ao CM ter conhecimento de apenas “nove casos em Portugal”, mas admite haver mais pessoas que tenham nascido com malformações devido ao medicamento. A autoridade de Saúde admite a criação de um registo nacional de doentes para apurar quantas pessoas foram afetadas.

http://www.sabado.pt/Arquivo/Ultima-Hora/Sociedade/Talidomida–Laboratorio-admite-erro-tragico.aspx

3 respostas a Talidomida: Laboratório admite erro trágico

  • Maria Beatriz Gallelo disse:

    Tambem sou vitima da talidomida uma vez q o ginecologista de minha mãe D. Delacio prescreveu o remedio q para ela , em 1954 , para enjoo da gravidez. Nasci com falta de 3 dedos na mao esquerda e o mindinho é torto e rigido. Isso causou inumeros problemas emocionais em mim e na minha mãe
    Tenho direito a indenizaçao mas nao sei como proceder.
    Poderia ter sua resposta?
    Grata
    Maria Beatriz Gallelo

    • Amaral disse:

      Boa tarde Maria, nosso site é apenas para divulgar notícias problemas referentes a talidomida é exclusivo da ABPST a pessoa mais indicada para esta resposta é a cláudia presidente da associação brasileira de portadores da síndrome da talidomida ABPST vou colocar aqui o telefone e e-mail para contato
      Telefone: +55 (11) 5562.4922 E-mail: talidomida@talidomida.org.br

    • Amaral disse:

      Boa tarde Maria, nosso site é apenas para divulgar notícias problemas referentes a talidomida é exclusivo da ABPST a pessoa mais indicada para esta resposta é a cláudia presidente da associação brasileira de portadores da síndrome da talidomida ABPST vou colocar aqui o telefone e e-mail para contato
      Telefone: +55 (11) 5562.4922 E-mail: talidomida@talidomida.org.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*